top of page
Barletta

Melhor Idade e Saúde Natural.

Atualizado: 30 de jan. de 2023

Aprenda a tratar várias doenças relacionadas à idade utilizando a Saúde Natural e Preventiva com base nos estudos do Instituto de Pesquisa Dr. Rath.



O Instituto de Pesquisa Dr. Rath, com sede na Califórnia, EUA, tem um grupo de cientistas dedicados ao estudo e desenvolvimento de abordagens naturais eficazes no tratamento de doenças associadas à idade, entre elas problemas cardiovasculares, aterosclerose, arteriosclerose, diabetes, pressão alta, problemas de visão, artrite, problemas imunológicos, fadiga e cansaço, entre outras.


No primeiro artigo apresentamos uma introdução simplificada sobre Artrite e Artrose: doenças Inflamatórias do tecido conjuntivo. Ao final você encontrará links para dezenas de artigos mais específicos sobre diversos tipos de doenças associadas à idade. Muitos artigos ainda estão em inglês, mas você pode utilizar o tradutor automático do seu navegador para a versão em português. Qualquer dúvida, por favor entre em contato com nossa equipe no Brasil. Teremos prazer em ajudar a esclarecer suas dúvidas.


Atenciosamente,

Equipe Saúde para Todos Brasil



Artrite e Artrose: Doenças Inflamatórias do tecido

conjuntivo (*1)

Conheça os benefícios dos micronutrientes contra a artrite e artrose.
Conheça os benefícios dos micronutrientes contra a artrite e artrose.


A artrite reumatoide é uma doença inflamatória crônica que atinge o revestimento das articulações. Pacientes com artrite sofrem de excesso de produção de líquido sinovial, o que causa um inchaço doloroso das articulações e outros sintomas como rigidez, calor e vermelhidão. Com o tempo, o processo inflamatório da membrana sinovial leva à destruição do colágeno e de outros componentes dos tecidos articulares, causando incapacidade em vários níveis.


Nossos estudos indicaram que micronutrientes específicos trabalhando em sinergia são eficazes na inibição da secreção excessiva de MMPs que causam a destruição do tecido sinovial, interrompendo ainda a invasão celular dos tecidos circundantes. Isso sugere o potencial benéfico desses nutrientes contra a artrite reumatoide.


 

Osteoartrite ou Artrose


A osteoartrite, também chamada de artrose, é uma doença causada pela ruptura de cartilagem nas articulações, causando danos ao tecido e ao osso subjacente. A ruptura contínua da cartilagem aumenta o estresse mecânico nos ossos, causando dor. O osso subjacente pode engrossar e, com o tempo, a articulação pode até ficar malformada, restringindo os movimentos.


Assim como nos casos de artrite reumatoide nossas pesquisas mostram que os micronutrientes são muito eficazes contra a artrose e outras condições relacionadas à degradação excessiva de cartilagem, atuando também na inibição da secreção de MMPs e na prevenção de sua capacidade de invadir a matriz de colágeno circundante.


 

Estudos Clínicos Comprovados (*2)


Artrite e artrose são doenças muito comuns do tecido conjuntivo. Na artrite, o problema é uma inflamação dos ossos, articulações e tendões. A artrite crônica pode levar à artrose, uma degradação da cartilagem das articulações. A cartilagem pode perder sua elasticidade, tornar-se áspera e perder massa. Isso pode resultar na deformação da cartilagem. Tanto a artrite quanto a artrose são doenças muito dolorosas, com todos os sintomas típicos de inflamação, incluindo febre, vermelhidão e inchaço. As articulações também podem ficar rígidas.

Através de um estudo clínico comprovamos a possibilidade de prevenção e tratamento de artrite e artrose através do uso direcionado de micronutrientes como vitaminas, minerais e aminoácidos. Esse estudo testou os efeitos de micronutrientes contra a inflamação em pacientes diagnosticados com artrite e artrose. O estudo piloto envolveu 10 pacientes com idade entre 45 a 84 anos, diagnosticados com artrite e/ou artrose. Os pacientes tomaram vitaminas específicas diariamente durante os seis meses do estudo. Nenhum outro medicamento foi usado. Os pacientes do estudo também foram submetidos a tratamentos de fisioterapia. Como parâmetro de controle, exames de sangue foram realizados a cada seis semanas para medir vários indicadores de inflamação. Os sintomas de inflamação foram diagnosticados no sangue dos pacientes pela análise da sedimentação de eritrócitos (glóbulos vermelhos - BSG), pela presença de uma classe específica de proteínas chamadas proteínas C-reativas (PCR) e pela medida do número de leucócitos (glóbulos brancos). Além disso, foram tiradas radiografias das áreas doentes no início e no final do período de estudo.


 
Resultados do estudo

Após seis meses de estudo foram detectadas as seguintes alterações nos parâmetros de inflamação no sangue: 1. Os valores de sedimentação sanguínea (BSG) diminuíram em 35% nas mulheres e em 27% nos homens, em comparação com os valores no início do estudo. 2. Os níveis de leucócitos no sangue não foram afetados e permaneceram normais para mulheres e homens tanto no início quanto no final do estudo. 3. Em 6 dos 10 participantes, os níveis de PCR no início do estudo eram de 2 a 4 vezes maiores do que os níveis normais. No final do estudo, os níveis de PCR caíram em média 30%. Tanto a diminuição da sedimentação do sangue quanto a queda dos níveis de PCR demonstraram uma melhora na incidência de inflamação entre pacientes com artrite e artrose.

4. Os exames radiográficos das áreas doentes indicaram melhora em 50% dos pacientes. Esse estudo piloto de seis meses, embora realizado com um pequeno grupo de pacientes, confirmou os efeitos positivos do programa de suplementação com vitaminas. A eficácia adicional da ação sinérgica dos nutrientes na artrite também foi confirmada por vários depoimentos baseados em registros médicos de pacientes.


Para saber mais sobre tratamentos naturais e preventivos contra doenças relacionadas à idade leia os artigos abaixo.

 

 

Referências:


 

Comentarios


Los comentarios se han desactivado.
bottom of page