top of page
Barletta

Conheça a diferença entre Permacultura, Agroecológico, Agrofloresta e Orgânico

Atualizado: 6 de mai. de 2023

Existem diferenças ou tudo pode se complementar?

Permacultura, Agroecológico, Agrofloresta e Orgânico
Permacultura, Agroecológico, Agrofloresta e Orgânico. Como a agricultura sustentável está se desenvolvendo?


1 - Permacultura é uma expressão criada por Bill Mollison e David Holmgren na década de 70 do século passado.


Ao longo dos anos ela passou a ser compreendida como “Cultura Permanente”, abrangendo uma gama de conhecimentos oriundos de diversas áreas científicas, indo muito além da agricultura. Nos dias atuais, a permacultura transpassa a compreensão da ecologia, da leitura da paisagem, do reconhecimento de padrões naturais, do uso de energias e do bem manejar os recursos naturais, com o intuito de planejar e criar ambientes humanos sustentáveis, produtivamente eficientes e em equilíbrio com a natureza.

Resumindo, podemos dizer que a Permacultura é o mapa onde o ser humano vai aprender a planejar suas ações de forma eficiente, trabalhando em conjunto com a natureza.


 

2 - De forma bem resumida também podemos dizer que Agroecológico significa pensar num modelo de produção socialmente justo, economicamente viável e ecologicamente sustentável.

Além do manejo ecológico do solo e das boas práticas de cultivo sustentável, na agroecologia vemos a área cultivada como uma extensão da natureza a partir de uma visão holística e integrada. Ao praticar agroecologia pensamos na colheita e nos lucros, mas pensamos também na qualidade da água, do ar, do alimento, da vida do solo, nos micronutrientes e elementos que compõem o reino mineral, vegetal e animal.

Outro aspecto importante da Agroecologia é o pensamento sobre as relações sociais entre comunidades, focada em questões como o fortalecimento da agricultura familiar, a integração entre as comunidades urbanas e rurais, criação de espaços para comercialização direta entre produtor e consumidor, entre outros assuntos que procuram integrar a sociedade e a produção alimentar.


 

3 - Agrofloresta ou Sistema Agroflorestal (abreviação SAF) é um sistema que reúne as culturas de importância agronômica em consórcio com a plantas que integram a floresta. Trata-se de um sistema de plantio de alimentos que é sustentável e ainda faz a recuperação da vegetação, da água e do solo em lugares degradados.


Nela é possível combinar espécies arbóreas lenhosas, como frutíferas ou madeireiras, com cultivos agrícolas de ciclo curto, médio e longo, de forma sucessional. No começo, quando a agrofloresta está sendo introduzida, há pouca sombra sendo possível nessa etapa cultivar uma combinação sistêmica de verduras, raízes e grãos.


Mais adiante, quando ela se desenvolve, as hortaliças saem mas permanecem plantas que toleram alguma sombra, como café e cacau, entre outras. No final, quando a agrofloresta se formou, temos dentro desse sistema diversos extratos de produção consorciados conforme o interesse do produtor, mas sempre levando em conta o equilíbrio com a natureza.


Exemplos eficientes de Agrofloresta podem ser encontrados pelo Brasil como o consórcio entre floresta com café orgânico (da Fazenda São Luiz e do Mutirão Agroflorestal na região de Ribeirão Preto), floresta com cacau orgânico (da Fazenda Olho D'água de Ernst Götsch no sul da Bahia), floresta com produção de macadâmia, lavoura branca e hortaliças (do sítio Catavento do produtor orgânico Fernando Ataliba no interior de São Paulo), floresta com produção de seringa para extração do látex (da Miclelin), entre dezenas de outras propriedades que são exemplo de produtividade e prosperidade no Brasil.

 

​4 - Orgânico significa que a produção segue uma método capaz de ser auditado e fiscalizado por lei, ou seja, tem regras a seguir para poder dizer que o alimento é orgânico: livre de transgênicos, livre de adubos químicos, livre de pesticidas, entre outros fatores de controle. Isso evita que pessoas boas, mas equivocadas, plantem à sua maneira e saiam dizendo que produzem orgânicos. Evita também que pessoas mal intencionadas lesem os consumidores.

Para ser considerado orgânico o alimento precisa passar por um processo de certificação auditado que fiscaliza, de berço a berço, sua conformação com a lei de orgânicos vigente no Brasil. Depois de auditado e da comprovação das boas práticas orgânicas o produtor consegue um número de registro e um selo orgânico para colocar na embalagem de seus produtos ou para colocar na banca de feira onde comercializa sua produção.


A certificação é um processo um pouco difícil para quem está começando. Mas o lado bom de conseguir o selo orgãnico é o diferencial para comercialização e o aprimoramento das técnicas, porque ao final você tem maior valor agregado no preço final dos produtos (como o alto teor nutricional do alimento) e um know-how altamente desejado diante de modelos de agricultura dispendiosos para a cadeia produtiva.

 


Atenção para não fazer confusão


Com relação à comparação entre Agroecológico, Agrofloresta e Orgânico não há necessidade de haver conflito entre uma vertente e outra, mas há que se distinguir que uma produção orgânica, se for monocultura, não é agroecológica e portanto, embora não tenha pesticidas, ainda deixa a desejar em questões importantes relacionadas ao equilíbrio com o meio. Uma agrofloresta, se for baseada, por exemplo, apenas no consórcio de capim, eucalipto e gado, em verdade não é uma agrofloresta, mas sim um bosque de monocultivo que está longe de ser sustentável.


O bom senso para consorciar todas as vertentes sustentáveis pode partir de uma visão integrativa, aliando técnicas realmente produtivas com responsabilidade social, respeito pela natureza e pelas gerações futuras.


 


Conclusão


Devemos ser inteligentes para utilizar a tecnologia em favor da humanidade, mas também precisamos ser humildes para continuar aprendendo com a natureza, como fizeram nossos antepassados. A natureza foi capaz de criar ecossistemas perfeitamente equilibrados que funcionam muito bem, principalmente a longo prazo.

Se soubermos dialogar uns com os outros tolerando as diferenças e dando tempo para as adaptações necessárias, se formos humildes para não criticar e apontar o dedo, e se, principalmente, estivermos dispostos a lutar por nossos ideais, veremos o dia em que usaremos a "permacultura" para estabelecer uma ocupação humana inteligente, produzindo uma "agrofloresta" de forma "agroecológica" com "certificação orgânica", criando muita prosperidade com Saúde para Todos!

 

Komentar


Mengomentari telah dimatikan.
bottom of page