top of page
Barletta

Saúde da Mulher.

Atualizado: 13 de fev. de 2023

As mulheres são afetadas por problemas de saúde diferentes dos homens. Entender as necessidades específicas do organismo feminino faz diferença no momento de escolher tratamentos mais assertivos.


Saúde da Mulher. Entenda melhor as necessidades do organismo feminino.
Saúde da Mulher. Entenda melhor as necessidades do organismo feminino.

As necessidades nutricionais de homens e mulheres são muito diferentes. O corpo de uma mulher precisa de suporte nutricional extra durante várias transições fisiológicas como a puberdade, menstruação, gravidez, lactação e menopausa.


As mulheres são afetadas por problemas de saúde diferentes dos homens. Doenças autoimunes, artrite, osteoporose e depressão são diagnosticadas com mais frequência em mulheres. Apesar da crença popular de que a doença cardíaca se desenvolve principalmente em homens, 1 em cada 4 mulheres na menopausa tem problemas cardíacos severos.


Para funcionar de maneira ideal, o corpo feminino precisa de nutrientes específicos para fornecer bioenergia às células dos sistemas nervoso, imunológico, cardiovascular e endócrino.


Abaixo apresentamos um artigo elaborado pelo Instituto de Pesquisa Dr. Rath, na Califórnia, líder em pesquisa sobre saúde natural e preventiva no mundo. A final, apresentamos uma série de links que falam sobre tratamentos para diversas doenças comuns às mulheres.


Para os artigos que ainda estão em inglês utilize o tradutor automático de seu navegador para ler a versão em português.


Se tiver dúvidas, por favor entre em contato com nossa equipe no Brasil. Teremos prazer em ajudar.



Atenciosamente,

Equipe Saúde para Todos Brasil

 

O benefício dos micronutrientes na Saúde da Mulher (1)

Distúrbios da tireoide, osteoporose, doença celíaca, artrite e depressão. Entenda mais sobre a necessidade específica de micronutrientes para o organismo feminino.

O sistema nervoso é o principal sistema de comunicação do corpo que monitora e controla quase todos os sistemas orgânicos. As células do sistema nervoso têm necessidades extremamente altas de nutrientes e suportam funções críticas, como a produção e metabolismo de neurotransmissores (substâncias químicas que transmitem informações por todo o corpo) e a otimização da estrutura e composição das membranas celulares das células nervosas. As células do sistema nervoso consomem mais energia do que as células de qualquer outro órgão e, uma vez danificadas, têm meios de reprodução muito limitados. Para proteger as células cerebrais, precisamos de composições específicas de nutrientes. Vitamina C, vitamina B6, inositol e colina são alguns dos suplementos mais importantes para um sistema nervoso saudável. A quantidade de vitamina C no cérebro é uma das mais altas em comparação com outros órgãos.

O sistema imunológico feminino é repetidamente desafiado durante a puberdade, gravidez e menopausa, tornando as mulheres suscetíveis a doenças autoimunes e outros problemas de saúde. Doenças autoimunes como distúrbios da tireoide, doença celíaca e de Cohn, artrite, psoríase, doenças de pele, entre muitas outras, são as principais causas de incapacidade em mulheres com menos de 65 anos. Vitamina C e vitaminas do grupo B, selênio, ácido fólico, e as isoflavonas de soja são importantes para apoiar o sistema imunológico.

O sistema endócrino secreta hormônios que regulam várias fases de crescimento e metabolismo. Embora secretados em pequenas quantidades, os hormônios afetam o metabolismo da mulher durante a puberdade, os anos reprodutivos, a gravidez e a menopausa. Muitos sintomas, como TPM, sintomas da menopausa e enxaquecas, estão relacionados a desequilíbrios hormonais. Vitaminas C, B5 e B6, iodo, isoflavonas de soja e selênio são particularmente importantes em todos os aspectos das funções hormonais e do metabolismo. As vitaminas B5 e B6 afetam os níveis de cortisol, progesterona e estrogênio, influenciando o crescimento, desenvolvimento, metabolismo e resposta ao estresse da mulher. Gravidez, lactação e uso de contraceptivos orais criam deficiência de vitaminas do complexo B. O iodo é um mineral essencial para a produção do hormônio da tireoide, que por sua vez tem uma ampla variedade de efeitos no corpo.

A função do sistema cardiovascular e os sintomas de doenças cardíacas nas mulheres são bastante diferentes dos homens. Portanto, o diagnóstico é muitas vezes perdido ao não considerar-se a diferença de gênero. Vários nutrientes trabalham em sinergia para melhorar e otimizar as funções de um sistema cardiovascular saudável. Estes incluem vitaminas C, E, B6 e B12, os aminoácidos lisina e prolina, ácido fólico, isoflavonas de soja, entre outros. A vitamina C é o nutriente crítico para todas as células humanas. É essencial para a síntese e estrutura adequada do colágeno, que dá força e flexibilidade ao coração e aos vasos sanguíneos. A vitamina C também está envolvida no metabolismo do colesterol.

Menstruação, gravidez e menopausa são processos naturais do ciclo de vida da mulher, não são doenças. Requerem suporte nutricional específico. As necessidades nutricionais de uma mulher também aumentam durante a doença e o estresse, em fumantes e com o uso de contraceptivos orais e outras drogas farmacêuticas. Qualquer desequilíbrio entre essas demandas e a oferta de nutrientes contribui para diversos problemas de saúde. A alimentação de alto teor nutricional deve ser priorizada. A suplementação adequada de nutrientes sinérgicos pode fornecer a base necessária para uma vida saudável.


 


Outros artigos sobre "Saúde da Mulher":


 

Comments


Commenting has been turned off.
bottom of page